157: o que é e qual o significado da gíria?

157 é uma gíria utilizada no Brasil para descrever uma pessoa que rouba, furta, que foi presa com posse de armas e etc. Em outro sentido, dizer que alguém é 157 pode significar que a pessoa é malandra, espertalhona, sem necessariamente envolver o ato de um roubo. Além disso, criminosos podem usar o 157 como código ou abreviação de um assalto, de forma mais discreta.

Alguns exemplos:

Cuidado, esse rapaz é o maior 157 que eu já vi na vida!

Laura esconde o dinheiro de seu pai, ele é um grande 157.

Qual a origem da gíria 157?

A gíria tem origem no artigo de mesmo número do Código Penal Brasileiro, usado para descrever o ato de roubar ou assaltar com o emprego da violência, conforme citado abaixo:

CP – Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
Art. 157 – Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência:

Em geral, a pena é de reclusão, de quatro a dez anos e multa. Mas pode ter agravantes se o crime for cometido com a participação de outras pessoas, se houve sequestro e assim por diante.

Popularidade

A composição do grupo musical Racionais Mc’s é uma das razões da popularidade da gíria, citando-a no refrão:

Hoje eu sou ladrão, artigo 157
As cachorra me ama, os playboy se derrete

Ouça abaixo: