Anel de coco tucum: o que é e qual o significado desta peça

Qual é o significado do anel de coco tucum?

O modo como nos vestimos pode dizer muitas coisas sobre nós. As cores, os tipos de tecido, as marcas, os penteados e até mesmo os menores detalhes do nosso visual, são capazes de apontar coisas que podem, ou não, ser óbvias.

Isso também se estende aos acessórios que aderimos como parte do nosso estilo. Dentre esses acessórios, está o anel de coco tucum.

No entanto, embora tenha esse nome, esse anel não é feito a partir do coco, mas da semente de tucum, que é uma espécie de palmeira nativa da Amazônia.

Também conhecido como anel de coquinho, esse acessório, carrega muitos significados consigo. Ele pode ser usado como uma forma de representar desde amizade e matrimônio, até identificar membros ou apoiadores de causas sociais.

A origem do anel de coco tucum durante o Império

O anel de coco tucum surgiu durante o século XIX, no Brasil Imperial. Ele está ligado aos escravos e aos indígenas, que não possuíam acesso a metais preciosos e nem os meios para moldá-los. Portanto, eles criaram um ornamento a partir da semente de tucum, que simbolizava casamento e amizade.

Por conta desse fator, o anel de coco tucum se tornou também um símbolo de resistência e luta para as pessoas negras e para os indígenas.

No entanto, quando esse processo teve início, apenas as duas comunidades entendiam o significado do anel. 

O anel de coco tucum e a Igreja Católica

Uma vertente da Igreja Católica, nomeada Teologia da Libertação, aderiu o uso do anel de coco tucum entre seus fiéis, durante os anos 60, para demonstrar apoio à luta das minorias sociais, como os povos indígenas.

Por isso, hoje em dia, muitas pessoas aderiram essa ideia e para mostrarem que defendem a igualdade de direitos entre toda a população, também passaram a usar o anel como forma de apresentar seu engajamento com as causas sociais, independente de religião.

Essa prática foi aderida, também, por algumas figuras políticas do Brasil. Elas utilizam esse anel como uma maneira de dizer que apoiam as causas sociais. 

O anel de coco tucum na comunidade LGBTQ+

Para serem identificados como parte da comunidade LGBTQ+, assexuais e lésbicas passaram a utilizar o anel de coco tucum em dois dedos diferentes.

No ano de 2005, quando uma discussão no fórum online AVEN (Asexual Visibility and Education Network), discutiu e aderiu o uso do anel preto no dedo médio da mão esquerda, para representar os assexuados.

Como no Brasil o anel de coco tucum é o ornamento desse tipo mais acessível, ele se popularizou entre as pessoas dessa orientação sexual.

Já a comunidade lésbica aderiu o uso do anel de coco tucum no polegar.

Você também usa o anel de coco tucum?

O acessório não se popularizou apenas entre aqueles que o usam pelo seu significado, mas também pela acessibilidade e por combinar facilmente com a maioria das peças de roupa. 

Você usa ou já usou o anel de coco tucum? Se sim, você o fez por uma questão de estilo ou de identificação? Escreva nos comentários!