Chavoso: saiba o que é ser chavoso e o significado da gíria

O que é chavoso?

Chavoso é um adjetivo que sofreu variações em seus significados ao longo dos anos. A gíria que é bem popular no Brasil, a princípio, significava somente “chave de cadeia” que nada mais é do que uma referência a uma pessoa propensa a causar confusão, chamando a atenção da polícia.

Primeira alteração no significado

Ao passar dos anos, seu significado foi mudando. Chavoso passou a englobar uma função também geográfica, como, por exemplo, na frase a seguir: “aquele pico é muito chavoso, bora para um sem treta”. A explicação é que o local (pico) não vale a pena (chavoso) e que é melhor ir (bora) para outro que seja tranquilo (sem treta).

Estilo

A partir das crises econômicas ocorridas em 2014 e 2015, o movimento musical conhecido como funk ostentação – liderada por MC Guimê e MC Gui – começou a não se encaixar mais com a periferia: com músicas sobre cordões de ouro e carros importados, esse status não representava mais os jovens do local.

Por isso, com o funkeiro MC Naldinho nasceu o funk chavoso. O lema é falar sobre coisas mais tangíveis, como carros populares e uma moda mais despojada. Já o funk ostentação não tem mais representatividade nas periferias de São Paulo, como MC Guimê que transcendeu a periferia e acabou virando ídolo do sertanejo universitário.

Chavoso também tem relação com estilo de se vestir. Para identificar um garoto chavoso basta olhar sua bermuda, normalmente de confecções do seguimento de surfwear, óculos espelhados e meia na canela – a marca registrada do estilo.

Ostentação possível

O estilo chavoso tem suas festas realizadas na rua e são chamadas de fluxo. Ao contrário dos bailes funks que quase já não têm mais espaço nos bairros mais humildes da cidade. 

Além do fator financeiro, o estilo chavoso foi uma forma encontrada pela população jovem da periferia paulistana poder se firmar, afinal é mais acessível ter um carro popular ou óculos da grife Oakley, sem ter que ficar apenas sonhando com um luxuoso carro da Ferrari, por exemplo.

Para o MC Boy, autor do funkChavoso”, acredita que o estilo musical chavoso é como uma verdadeira “ideologia da favela”, que não torna o funk brasileiro como algo pop, o que acontece nos EUA.

Chavoso versus Swag

O swag vem também do funk, mas ao contrário do chavoso, nasceu nos EUA com rappers americanos. E ao contrário do que prega o chavoso, ele é mais comercial, luxuoso e bem menos tangível.

Os funkeiros brasileiros que seguem o estilo, afirmam que existe uma identidade mais próxima da brasilidade, do funk raiz e das questões do cotidiano de quem vive na favela.

Redução de custos

Uma das curiosidades sobre o funk chavoso é a proporção de custos nos clipes produzidos com número de visualizações no youtube: “Ui chavoso, meia na canela” de MC Naldinho gastou menos de 5 mil reais e teve mais de 1,5 milhão de views na plataforma.

Todas essas informações provam uma tendência em todos segmentos culturais: como no caso da música, o menos é mais.

E você, qual dos diferenciais acima são mais relevantes para o estilo chavoso? Deixe nos comentários abaixo!