Saneamento ambiental: o que é, significado, conceito e definição

O que é Saneamento Ambiental?

Saneamento ambiental é o termo usado para designar o somatório de ações imprescindíveis para a promoção da qualidade de vida das pessoas, inclusive, dos centros urbanos, em relação à saúde pública e ao meio ambiente. O que principalmente caracteriza o saneamento ambiental é a construção de uma rede de esgoto adequada.

Tratamento de água e de esgoto também são exemplos de práticas comuns quando se instala um sistema de saneamento ambiental, o que é um dever dos órgãos públicos. Nesse sentido, saneamento ambiental assemelha-se em muito com o saneamento básico, com a diferença que o ambiental tem o seu foco nas questões ambientais.

Ou seja, em outras palavras é a instalação do saneamento básico levando em consideração o meio ambiente, a fim de que as obras necessária não o prejudique, como desmatar uma área verde para construir uma estação de tratamento de esgoto. Outro exemplo de saneamento ambiental é desenvolver um sistema de armazenamento de lixo que seja moderno e que ao mesmo tempo poluía menos o ambiente.

No Brasil, a falta de saneamento básico de qualidade é uma realidade da maioria dos municípios, pois nem todos oferecem a sua população de forma geral água encanada, por exemplo. Nesse sentido, no país parece muito distante ainda a ideia de saneamento ambiental, pois muitas pessoas não têm acesso nem ao mínimo exigido por lei para que se viva com dignidade.

As ações de saneamento em uma cidade são fundamentais, sendo grandes aliadas da saúde pública. Com elas, pode-se evitar doenças como cólera, malária, febre amarela, hepatite A e intoxicações que resultem em diarreia e demais problemas.