Coroa: o que é, significado, definição e conceito

Na língua portuguesa existem palavras que podem ser utilizadas com sentidos diferentes e tudo muda de acordo com o contexto. Algumas delas são um termo sério, encontrado nos dicionários e, ao mesmo tempo, se tornam gírias populares no vocabulário dos jovens. Esse é o caso do significado de coroa, que pode envolver um artefato usado por reis e rainhas e até mesmo uma gíria um pouco antiga.

Atualmente é raro ver alguém utilizando a palavra coroa no sentido na gíria, mas ainda assim, vale a pena entender os dois significados da palavra. Confira:

Significado de coroa de acordo com o dicionário

Ao pesquisar a palavra coroa no dicionário, você encontrará uma definição que afirma que se trata de um ornamento que é utilizado por reis e rainhas e que lhes confere poder e o título em questão.

É comum em monarquias, nas quais, os líderes de uma região são representados pela figura do rei e da rainha. Isso era muito comum no passado, porém, no Reino Unido, ainda temos a Rainha Elizabeth, que já fez aparições usando coroa.

Além de poder, também pode representar autoridade, perfeição, elevação, iluminação e até humildade.

Pode-se dizer que tem alguma relação com o chifre dos animais – que na natureza representam uma forma de poder em relação a outros bichos – já que, antigamente, as coroas eram feitas com pontas e tinham a base arredondada. Esta última remetia ao divino e a imortalidade, a ideia de que o rei era eterno e escolhido por um ser superior.

Significado da gíria coroa

A gíria coroa não é tão popular atualmente, porém, já foi muito utilizada com o intuito de falar de pessoas mais velhas – não necessariamente idosas. Quando um homem ou mulher se interessava por alguém muito mais velho, era dito que estava a fim ou saindo com um(a) coroa.

Era comum também ver a gíria na boca dos jovens e adolescentes, quando iam cumprimentar seus pais e diziam algo como “E aí, coroa?”.

Segundo uma definição mais específica, qualquer pessoa acima dos 40 anos pode ser chamada de coroa e não há nada de pejorativo no termo. Seria apenas uma forma mais popular de chamar alguém mais velho.

Então, os jovens podiam falar dos pais usando “Meu coroa” ao invés de “Meu velho”, que hoje é mais utilizado. Já no sentido de relacionamentos amorosos, as pessoas falavam “Maria está saindo com um coroa outra vez” ao invés de “Maria está saindo com um cara mais velho outra vez”.