Benchmarking: o que é, significado, definição e conceito

O que é benchmarking?

O termo Benchmarking vem do inglês e pode ser traduzido para o português como “avaliação comparativa”. O benchmarking é empregado com o objetivo de comparar produtos, serviços, práticas e processos empresariais de uma determinada empresa em relação às demais existentes no mercado.

Dessa forma, o benchmarking acaba se tornando uma poderosa ferramenta de gestão ajudando e orientando as empresas a melhorarem suas funções, processos e produtos frente à concorrência.

Com o benchmarking as empresas tem a possibilidade de analisar e readequar suas estratégias, além de criar novas soluções em cima daquilo que já está sendo feito, geralmente pela concorrência, e que demonstra ter resultados positivos.

O benchmarking pode ser usado por qualquer empresa ou organização para avaliar qualquer processo, contudo é um instrumento que exige tempo, dedicação e disciplina. O benchmarking é realizado através de pesquisas e as respostas se convertem em parâmetros comparativos.

Além de ser usado junto a empresas do mesmo segmento, o benchmarking também pode ser utilizado fora da área de atuação da empresa com o objetivo de identificar, conhecer e adaptar, na medida do possível, os processos de sucesso de outras organizações, mesmo que estejam em uma área de atuação completamente diferente.

Tipos de Benchmarking

Benchmarking competitivo

O Benchmarking competitivo se caracteriza pela observação e identificação do desempenho das empresas concorrentes diretas. Esse é o tipo de benchmarking mais difícil de ser realizado, pois o acesso as informações é restrito e limitado, já que as empresas costumam tomar uma série de cuidados para não deixar vazar  as práticas que as levam ao sucesso. 

Benchmarking interno

O benchmarking interno identifica e toma como referência os processos que acontecem nos mais variados departamentos da própria empresa com o objetivo de adaptá-los a outras áreas da mesma organização. O benchmarking interno também é uma ótima ferramenta para medir o desempenho dos diferentes setores da empresa. Ao contrário do benchmarking competitivo, o benchmarking interno é o mais fácil de ser realizado, uma vez que todas as informações podem ser facilmente obtidas já que circulam livremente pela empresa.

Benchmarking de segmento

O benchmarking de segmento, como o próprio nome sugere, é aplicado dentro de um setor especifico de negócios.

Benchmarking Best in Class

O benchmarking Best in Class é o mais recomendado para as empresas que buscam processos inovadores, já que esse tipo de avaliação ocorre a nível mundial entre as melhores práticas empresariais diagnosticadas até então. O benchmarking Best in Class pode ser aplicado em empresas fora do setor de atuação da companhia que está realizando a comparação. O Best in Class se caracteriza, sobretudo, pelo grau de dificuldade em identificar procedimentos tão distintos entre si.

Benchmarking de processos

No benchmarking de processos são comparados os processos produtivos entre a empresa e as suas concorrentes diretas com o objetivo de buscar as melhores práticas e soluções. Para realizar esse tipo de benchmarking, no entanto, é necessário contar com uma parceira com outras empresas no intuito de realizar visitas e conhecer in loco como são realizados tais procedimentos.

Benchmarking estratégico

Por fim, o benchmarking estratégico que se caracteriza por acompanhar os processos da empresa e ajudá-la, sempre que for necessário, a seguir dentro de sua missão e valores, tal como determina o planejamento estratégico.