Momo: o que é essa criatura? qual a origem, significado e os perigos para crianças?

Quem tem criança em casa muito provavelmente já se deparou com uma figura aterrorizante popularmente conhecida como Momo. De cabelos lisos e pretos, olhos esbugalhados, pernas de pássaro e um sorriso medonho, a Momo rapidamente se tornou assunto entre crianças, adolescentes e adultos. Contudo, essa fama infelizmente se fez deve ao caráter perigoso da personagem. Entenda nas linhas a seguir o que, de fato, é a Momo e como ela pode afetar as crianças:

O que é ou quem é a Momo?

Primeiramente é importante mencionar que a Momo já existia antes mesmo da viralização da personagem pela internet. Isso porque em 2016, uma empresa japonesa de efeitos especiais, a Link Factory, criou uma escultura que poderíamos chamar de a Momo original. A tal escultura da Momo ficou em exposição em uma galeria de artes chamada Vanilla Gallery, em Tóquio. A figura humanoide, metade mulher, metade pássaro, integrou a mostra ao lado de outras figuras aterrorizantes.

Só que a tal escultura não se limitou ao espaço artístico. Em 2018, criminosos cibernéticos se apoderaram da imagem dessa escultura, dando-lhe o nome de Momo, para espalhar medo em crianças e adolescentes e, claro, pavor e insegurança aos pais, uma vez que ninguém, até hoje, sabe quem está por trás da Momo.

A imagem assustadora viralizou na internet por meio de postagens no Whatsapp. Ao que tudo indica, um número de telefone desconhecido adicionava pessoas, em especial crianças e adolescentes, com o objetivo de enviar mensagens que incitavam a atos violentos, podendo até mesmo chegar a suicídios.

Não demorou muito e a Momo passou a se tornar conhecida como o Jogo da Momo, Desafio da Momo e também como Desafio Momo Baleia Azul, outro viral que se espalhou pelo mundo cibernético e levou crianças e jovens de todo o planeta a cometerem suicídio.

Reza a lenda que a pessoa por trás da Momo pode se comunicar em diferentes idiomas. As pessoas que se comunicaram pelo número do Whatsapp relataram que a tal Momo sabia de informações pessoais dos internautas, como nomes de amigos e familiares, lugares que costumam frequentar, entre outros. Muitos relatos também incluem que a Momo enviava fotos, ameaças e mensagens apavorantes.

Dizem, inclusive, que um dos desafios da Momo era iniciar uma conversa com ela às três da manhã. Outros supostos desafios relacionados à figura seria a de não deixar a “personagem” enviar mais de duas mensagens seguidas ou, então, que a pessoa jamais poderia repetir a mensagem enviada. Caso algum desses desafios não fosse seguido, a pessoa era ameaçada com uma morte terrível.

 

O jogo da Momo, ao que tudo indica, teria começado no México, mas rapidamente se espalhou para outras partes do globo, como Argentina, Brasil, França, Alemanha e Estados Unidos.

Momo e os crimes cibernéticos

Para as autoridades que investigam o caso, a Momo não passa de um tipo de crime cibernético realizado por hackers com o objetivo de extorquir e roubar informações pessoais como nome e endereço, por exemplo. Os criminosos conseguem esses dados a partir do cruzamento de informações da pessoa que está no Whatsapp com os seus perfis de redes sociais.

Com os dados em mãos e tirando proveito do pânico e medo de quem está do outro lado, os criminosos conseguem fazer ameaças e chantagens, além de também venderem os dados para outras pessoas igualmente mal intencionadas.

Portanto, para a policia o maior risco da Momo é a obtenção de dados. Acontece que para crianças e adolescentes, a figura de olhos bizarros traz outras sérias consequências.

Como a Momo pode prejudicar seu filho

Toda criança tem a capacidade de se impressionar com imagens aterrorizantes e fantasmagóricas, agora, imagine essa mesma figura tendo a capacidade de falar diretamente com ela? Pois é, os efeitos psicológicos podem ser irreversíveis. O grande perigo da Momo é que ela induz, como sugerem os relatos, a prática de atos violentos que incluem, ate mesmo, o suicídio.

E, por se tratar de um jogo, uma espécie de desafio, onde a coragem é elemento determinante, muitos jovens acabam se vendo em uma situação complicada. Isso porque eles precisam demonstrar sua coragem ao grupo de amigos participando do tal desafio, mesmo que não se sintam nenhum pouco confortáveis com a situação. O risco real da Momo inclui, segundo especialistas:

  • Ansiedade, ataque de pânico e crises de depressão;
  • Insônia;
  • Assédio;
  • Chantagem;
  • Propagação de atos violentos, incluindo o suicídio.

A simples figura da Momo já é suficiente para acabar com uma noite de sono, deixando a criança tensa e assustada.

Como proteger seu filho da Momo

Diante de todos esses perigos, é importantíssimo que pais e educadores estejam atentos ao tipo de conteúdo que as crianças têm acesso. Confira a seguir algumas medidas simples que podem ajudar a proteger seu filho de ameaças virtuais:

  • Monitore e fiscalize a todo o momento as mensagens trocadas em aplicativos como o Whatsapp e Messenger. Verifique também o teor das postagens nas redes sociais, tendo sob controle o usuário e a senha dos seus filhos
  • Converse, converse e converse muito. Seu filho precisa sentir segurança para chegar até você e expor os medos, sem correr o risco de ser julgado. Ouça-o com atenção e carinho
  • Se perceber que a criança está sob influência e pressão de amigos, sugira mudanças na rotina e proponha para ele novas atividades como forma de desviar a atenção
  • Também é importante ensinar aos filhos que eles têm todo o direito de ser respeitado por suas escolhas, o que inclui se negar a participar de jogos e desafios violentos. Explique para ele que não é preciso provar nada para ninguém e que os amigos de verdade compreenderão a sua decisão

Momo e o Youtube

Em 2019, a tal Momo voltou a causar medo e insegurança em crianças, pais e educadores. Segundo relatos, essa estranha criatura teria passado a aparecer em vídeos inocentes do Youtube. Alguns pais informaram que a Momo surgia no meio de um desenho animado, por exemplo.

Diante das denúncias, o Youtube se manifestou dizendo que não foram encontradas evidências reais da Momo nos vídeos, mas sugeriu aos usuários que denunciassem qualquer vídeo com conteúdo inadequado às crianças ou que se referissem ao desafio da Momo.

Momo nos cinemas

Toda essa repercussão da Momo acabou atraindo a atenção dos produtores de filmes de terror. Ainda sem titulo, o filme possivelmente contará com os mesmos produtores de sucessos de bilheteria como O Grito e O Chamado. Roy Lee, responsável pela produção de It: a Coisa, um dos maiores sucessos do gênero de terror da modernidade, está cotado para produzir o filme inspirado na humanoide que viralizou na internet.