Pergunta retórica: o que é, significado, definição e conceito

O que é pergunta retórica?

Uma pergunta retórica, ou rhetorical question em inglês, é aquela que não exige uma resposta do interlocutor. A pergunta retórica, apesar de ser formulada como uma interrogação, não pretende obter uma nova informação, pelo contrário, seu objetivo é provocar ou reafirmar um ponto de vista ou informação. As perguntas retóricas trazem a resposta de modo subentendido na própria indagação ou, ainda, ela já pode ser do conhecimento de quem a recebe. Muito diferente do que acontece em uma pergunta verdadeira, quando o objetivo é realmente obter uma informação.

A pergunta retórica geralmente vem acompanhada de ironia e sarcasmo, especialmente quando é usada com o intuito de estimular uma reflexão no interlocutor ou provocar uma critica a algo ou alguém.

Exemplos

São exemplos de perguntas retóricas:

  • Você pensa que me engana?
  • Que país é esse?
  • Você acha que dinheiro nasce em árvore?

Já uma pergunta aberta ou verdadeira possui um objetivo bem diferente e pode ser facilmente diferenciada, como mostram os exemplos abaixo:

  • Que dia é hoje?
  • Quantos anos você tem?
  • Qual a capital do Brasil?

É perceptível que nos casos acima a pessoa fez uma pergunta na real intenção de receber uma resposta.

No entanto, é importante não confundir uma pergunta retórica com pergunta capciosa. Ambas são bem diferentes e possuem objetivos distintos também. Enquanto a pergunta retórica tem a intenção de estimular a reflexão, a pergunta capciosa é mal intencionada e maliciosa, geralmente feita com a intenção de obter informações que possam ser usadas contra a pessoa.

Retórica versus oratória

A oratória pode ser considerada como o sinônimo de retórica. A oratória se caracteriza pela capacidade de um individuo se expressar bem em público, de modo claro e objetivo. Já na retórica ou no discurso retórico, o individuo usa as palavras com o objetivo de convencer seus interlocutores das ideias apresentadas por ele, com o diferencial de que nem sempre o público precisa estar presente, ao contrário da oratória.

Sendo assim, na retórica a fala pode ser dirigida através de uma coluna em jornal, revistas ou em redes sociais, por exemplo.

O discurso retórico é sempre persuasivo e o locutor não precisa ter habilidades de oratória, já que nem sempre irá falar com o público ao vivo. Um bom orador pode ser também um bom retórico, mas nem sempre um bom retórico é um bom orador, entendeu a diferença?

Outra diferença crucial da oratória para a retórica é que na primeira o locutor precisa dominar a parte técnica do assunto e o ordenamento das ideias para que seja claro, enquanto na retórica, além de dominar o assunto, o locutor precisa saber usar as palavras de modo persuasivo e sedutor.