Bullying: o que é, significado, conceito e definição

Bullying significa a prática de atos de violência física e/ou psicológica praticados por um ou mais indivíduos em relação de poder desigual e de forma repetitiva. Bully (em inglês) significa valentão, tirano ou brutal. O bullying é um tipo de violência intencional, onde o praticante tem a intenção de ofender e intimidar a vítima.

A vítima do bullying geralmente teme o seus agressores e muitas vezes não compreende o motivo que gera a agressão, tampouco tem a capacidade psicológica para se defender delas. A prática do bullying pode ocorrer nas mais variadas situações do convívio social, entre elas: a escola, igrejas, clubes, grupos de amigos e etc. O bullying pode ocorrer até mesmo dentro de casa por entes familiares.

No Brasil, o bullying pode ser traduzido comumente como o ato de ridicularizar, bulir, zombar, tocar, agredir, bater, espancar, colocar apelidos, duvidar da capacidade, masculinidade ou feminilidade da vítima.

O bullying pode ser enquadrado pela justiça brasileira como as infrações previstas pelo Código Penal brasileiro de injúria, lesão corporal e difamação.

Muitas das vítimas do bullying apresentam sintomas como depressão, pensamentos suicidas, ansiedade, insônia, irritablidade, falta de apetite e outros. A terapia costuma ser uma porta de saída e conforto para estes sintomas.