Cyberbullying: o que é, qual o significado e definição

Cyberbulling é o ato de intimidar, hostilizar e difamar uma pessoa em ambiente virtual. A palavra cyberbullying deriva das palavras em inglês cybere bullyingque, significam, respectivamente, tecnologia ligada a computadores / internet e o ato de humilhar ou ofender alguém.

Nesse caso, a principal diferença entre o Cyberbullying e o bullying é o local onde a violência acontece, sendo que no primeiro, o ambiente virtual é o terreno fértil para as injurias e difamações e o segundo consiste em praticar as ofensas cara a cara, pessoalmente, podendo até ocorrer violência física.

O Cyberbullying consiste na propagação de informações falsas e mentirosas sobre alguma pessoa, além de apelidos pejorativos. Pode acontecer também de serem divulgadas informações de ordem estritamente pessoal, expondo completamente a privacidade do individuo, quando algo assim acontece, geralmente estão envolvidos, além do conteúdo de texto, vídeos e fotos.

O principal objetivo do Cyberbullying é desqualificar e intimidar uma pessoa de modo persistente em meios eletrônicos como SMS, aplicativos de mensagens, email, redes sociais e fóruns, por exemplo. Quem pratica o Cyberbullying é conhecido como cyberbully.

Em geral, o Cyberbullying é mais praticado por jovens e adolescentes, mas a violência virtual também pode atingir adultos e pessoas mais velhas.

O principal problema do Cyberbullying é que ele é difícil de ser contido, uma vez que não se sabe de onde partem as ofensas. A covardia de quem pratica Cyberbullying é tão grande que o cyberbully se esconde atrás de perfis falsos, ou fakes, sendo esses os principais responsáveis pela propagação do Cyberbullying. Por essa razão é de extrema importância que os gerenciadores de redes sociais fiscalizem e implantem medidas de combate ao Cyberbullying.

Outro grande dilema enfrentado por quem é vitima de Cyberbullying é a intimidação constante e repetitiva, já que as redes sócias e a internet funcionam 24 horas por dia.

Em 2012 foi lançado no Brasil um filme sobre o tema com o titulo original “Cyberbullying”. O longa conta a história de uma menina vitima de bullying virtual praticado por meio das redes sociais.

Consequências do Cyberbullying

O Cyberbullying traz consequências muito sérias a suas vitimas, entre elas distúrbios do sono, depressão, irritabilidade, transtornos de ansiedade, síndrome do pânico, dor de cabeça, falta de apetite, problemas de estômago, transtornos alimentares como bulimia e anorexia, pensamentos destrutivos e, em casos, extremos pode até mesmo levar ao suicídio.

O Cyberbullying também impacta negativamente as relações interpessoais e sociais da vitima, podendo levar a pessoa a perder o emprego ou futuras colocações profissionais, uma vez que as informações oriundas do Cyberbullying continuam ativas na internet mesmo depois de um longo período.

Cyberbullying é crime

O Cyberbullying é considerado crime contra honra e quem o pratica está sujeito a responder judicialmente por ele, enquadrando-se em três tipos de crime: injúria, calúnia e / ou difamação. Quem sofre ou sofreu com Cyberbullying deve registrar boletim de ocorrência na delegacia mais próxima e armazenar tudo o que comprove o crime, como prints de tela, por exemplo.

O conteúdo poderá ser removido dos sites por meio de decisão extrajudicial que obriga os servidores a apagarem as publicações.