Professora: significado e origem da palavra

A palavra “professora” é o feminino de “professor” e tem origem no termo “professore”, em Latim.

Segundo o dicionário da língua portuguesa, a palavra “professora” pode ter função de substantivo ou de adjetivo e pode ser usada no sentido literal ou figurado.

Siga a leitura para entender mais sobre a origem e o significado da palavra “professora”!

Significado e definição de “professora”

A definição de professora, segundo o dicionário é “ docente, aquela que ensina uma disciplina, arte ou matéria em uma escola ou universidade, aquela que ministra aulas em escola, curso, universidade ou de forma particular”. Nesse caso, professora é sinônimo de mestre, refere-se a alguém que passou por uma formação acadêmica e tem um título de especialista em ensinar.

A palavra também pode referir-se a alguém que transmite os seus conhecimentos a outra pessoa, que é perita em algum assunto e que tem muitos conhecimentos específicos sobre determinada questão.

Origem da palavra professora

Professora é um termo derivado do Latim “professus” ou “professore”. Em sua definição inicial, essas duas palavras em Latim significam “aquele que declara publicamente” e são derivadas do verbo “profitare”.

Profitare, por sua vez, é formado pelo prefixo “pro” que significa “à frente” e pelo sufixo “frateri”, ou seja, “confessar”. Assim, profitare tem como tradução “afirmar perante a um público, declarar a todos”.

Logo, a palavra professora tem sua origem no Latim e trata-se de uma pessoa que afirma a todos que é apta para realizar determinada ação, que, nesse caso, é ensinar.

Sinônimos de professora

Alguns sinônimos da palavra professora na língua portuguesa são: mestre, docente, educadora, tutora, instrutora, preceptora, perita.

Exemplos de uso da palavra professora

  • “Ela é professora de matemática do meu filho.”
  • “Você sabe tanto sobre esse assunto que já poderia ser professora!”
  • “Nossa professora de dança fez um curso na Rússia.”