“É verdade esse bilete”: saiba mais sobre a origem do meme

O ano de 2018 passou e muitos memes vieram. E um dos mais pesquisados no Google foi o meme “É verdade esse bilete” que surgiu assim: um garoto de 6 anos da cidade de Bocaina no interior de São Paulo, na tentativa de fugir da aula, se passou por sua professora Tia Paulinha e escreveu um bilhete direcionado aos pais com o recado a seguir:

“É verdade esse bilete”

É verdade esse bilete

Senhores pais,

Amanhã não vai ter aula porque pode ser feriado

Assinado: Tia Paulinha

(É verdade esse bilete)

Infelizmente para o garoto, a simplicidade da caligrafia deixou evidente que o bilhete não havia sido escrito pela professora e sim por ele mesmo. Afinal, nada como ser criança e ficar assistindo televisão ao invés de ir para escola no dia seguinte.

A professora resolveu compartilhar a foto do bilhete e logo ele viralizou nas redes sociais.

No embalo da repercussão do meme, até a marca do famoso aplicativo de séries e filmes, Netflix, criou um “bilhete” semelhante e compartilhou em seu perfil:

Mesmo assim, quem mais fez uso e ainda faz até hoje, são os usuários das redes sociais. Confira algumas postagens abaixo:

Outras repercussões do meme nas redes sociais

O “garoto do bilhete” até motivou a criação do perfil Bilete no Twitter, que regularmente compartilha imagens e frases irônicas usando a mesma estrutura:

O que achou? esta pronto para usar a expressão em algum compartilhamento seu?