Flor de lótus: o que é, significado, definição e conceito

Pureza. Esse é o principal e mais importante significado da flor de lótus. Sabe por quê? Essa flor de beleza exótica, originária da Ásia, guarda uma característica interessantíssima e que tem tudo a ver com o seu significado.

A flor de lótus é popularmente conhecida por nascer em meio ao lodo, a lama e a sujeira, mas o mais impressionante é que, apesar do ambiente impuro em que vive, ao desabrochar, a flor de lótus se mantem limpa, intacta, perfeitamente livre de todas as impurezas que a cercam.

É claro que essa capacidade inata da flor não demorou muito para se tornar referencial de desenvolvimento e aprendizado humano. A habilidade da planta em se manter limpa e imaculada representaria a evolução e a transcendência espiritual, bem como o desapego material diante das coisas mundanas que “sujam” a alma. A flor de lótus, em sentindo simbólico, seria a alma humana superando tudo o que é impuro, pecaminoso e que impede de alcançar a paz, a verdade e a libertação espiritual.

Não é a toa que muitas religiões e filosofias, especialmente as orientais, tem na flor de lótus um de seus principais símbolos, como acontece no budismo e no hinduísmo, onde a flor é largamente representada junto à divindades.

Características da flor de lótus

A flor de lótus, como mencionado anteriormente, nasce, vive e se desenvolve em águas sujas e lamacentas. No entanto, a planta também se adapta muito bem a lagos e lagoas de águas claras e limpas. O que ela precisa, de fato, é de um curso de água calmo e lento.

Na medida em que vai crescendo, a flor de lótus se agarra ao solo em que vive até atingir a superfície com seus caules alongados que podem chegar a medir até seis metros de altura.

As flores de lótus também são muito resistentes às pragas, mantendo-se limpas e belas por até três longos meses.

Sabia também que todas as partes da flor de lótus são comestíveis? Isso mesmo! Flores, sementes, folhas, raízes e até mesmo o rizoma podem ser incluídos em preparações culinárias. Contudo, deve-se tomar o cuidado de não ingerir a planta crua, sob o risco de contaminação por parasitas devido ao ambiente sujo onde naturalmente vive a flor de lótus.

Outra característica da flor de lótus que merece destaque é o longo período de dormência das sementes. Elas podem permanecer nesse estado por mais de cinco mil anos, germinando apenas quando entrarem em contato com as condições ideais de umidade.

Simbolismo da flor de lótus

Além da pureza, a flor de lótus ainda carrega outros significados especiais que podem variar de acordo com o local, a cultura e a religião. No Budismo, por exemplo, a planta ainda representa a iluminação e o crescimento espiritual, onde quanto mais abertas estiverem as pétalas mais o grau de evolução espiritual do individuo.

Diz uma lenda que após Buda ter atingido a iluminação, flores de lótus nasciam por onde ele passava. Isso talvez explique porque Buda comumente é representado sentado sobre uma flor de lótus.

Na Índia, em especial dentro do Hinduísmo, a Flor de Lótus aparece como figura central de uma história muito bonita. Reza a lenda que quatro irmãos – fogo, terra, água e ar – um dia estavam sentados conversando e expressando a decepção e a tristeza que sentiam com a ingratidão dos seres humanos. Só que ao invés de punir a humanidade, resolveram dar um presente aos homens, para que esses pudessem se espelhar, esforçando-se para alcançar o mesmo nível de perfeição. Foi aí, olhando para um lago, que os quatro irmãos resolveram criar uma flor que representasse a união desses quatro elementos, surgia então a flor de lótus. O elemento terra foi representado nas raízes da planta, a água como sendo o meio em que ela se desenvolve, o ar foi representado pela brisa e pelo vento necessários para que a planta emerja à superfície e, por último, o fogo que foi representado pela luz e calor do sol, responsáveis por alimentar a flor de lótus.

Ainda dentro do hinduísmo, o sétimo chackra, localizado no topo da cabeça, é representado por uma flor de lótus de mil pétalas simbolizando a expansão da consciência.

A flor de lótus também encontra lugar dentro da filosofia do Yoga, uma vez que existe até uma posição em homenagem a planta. Conhecida como Padmasana, a postura de meditação induz o individuo a se sentar com as pernas cruzadas e entrelaçadas e com a planta dos pés voltada para cima.

Na cultura egípcia, a flor de lótus também é vista de modo especial. Nela, a planta é símbolo de renascimento e está ligada ao Deus Rá ou Deus do Sol, isso porque a flor de lótus, assim como o sol, ressurge todas as manhãs.

Cores da flor de lótus e seus significados

A flor de lótus existe na natureza em diferentes cores e cada uma delas traz um significado diferente, confira abaixo:

Flor de lótus branca: significa pureza. É também o símbolo da mente e do espírito.

Flor de lótus azul: é o símbolo da sabedoria e do conhecimento.

Flor de lótus rosa: dentro do budismo, a flor de lótus rosa é a mais representativa, uma vez que está ligada ao próprio Buda.

Flor de lótus vermelha: significa compaixão e amor.

Tatuagem de flor de lótus

A flor de lótus é frequentemente escolhida por aqueles que desejam fazer uma tatuagem. Bonita e cheia de significados, quando tatuada na pele, a flor de lótus indica que a pessoa conseguiu superar momentos difíceis, renascendo, assim como a própria planta, da lama e do caos.