Referencial teórico: o que é, significado, definição e conceito

Não tem jeito, todo aluno universitário vai acabar se deparando com o termo “referencial teórico” pelo menos uma vez na vida. Isso porque ele é parte integrante de todo trabalho de conclusão de curso, o famoso TCC. Mas acontece que nem sempre o referencial teórico é bem compreendido e essa falta de entendimento pode levar o projeto do TCC por água abaixo. Por isso, te convidamos a entender de uma vez por todas o que é esse tal de referencial teórico e porque ele é tão importante, confira:

O que é um referencial teórico e qual a sua importância?

O referencial teórico garante o embasamento da tese que está sendo defendida no trabalho acadêmico por meio de uma coletânea de livros, artigos, teses e dissertações de autores que já abordaram o mesmo assunto anteriormente e que possuam reconhecimento técnico, acadêmico e cientifico para tal.

Sem o referencial teórico, o TCC fica incompleto apresentando apenas ideias baseadas em achismos, sem comprovação prática e experimental. O referencial teórico, nesse caso, auxilia o estudante a embasar suas próprias opiniões, fornecendo sustentação e validação de todos os argumentos.

O referencial teórico também é uma oportunidade de apresentar os dados, estatísticas, conceitos e justificativas mais relevantes e importantes dentro do tema abordado. É válido ainda, dentro do referencial teórico, indicar análises, estudos e pesquisas divulgados recentemente como meio de fortalecer o tema do trabalho.

Como fazer um referencial teórico?

O primeiro passo para começar a fazer o referencial teórico é ter em mente o tema exato do TCC, isso garante que você não perca tempo com pesquisas desnecessárias. Com o tema e os objetivos do trabalho bem definidos e claros, comece a buscar as referências que possam dar base e sustentação ao seu TCC.

O ideal é ter entre oito e dez autores para embasar o seu trabalho, levando sempre em consideração que poucas fontes de referência podem deixar o TCC vago, superficial e sem credibilidade, fundamentado em achismos que não são nada bem vistos pela banca examinadora. No entanto, o caminho inverso também é perigoso, uma vez que o excesso de referenciais teóricos pode acarretar em um trabalho igualmente superficial e até mesmo com ares preguiçoso, já que você praticamente não desenvolveu ideias próprias, nem argumentos pessoais.

Como apresentar o referencial teórico?

O referencial teórico, assim como o trabalho acadêmico como um todo, deve seguir as normas de formatação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), contudo, não existe um modelo padrão, podendo variar de acordo com cada instituição de ensino. Algumas exigem o referencial teórico como um capítulo separado do desenvolvimento, outras sugerem que o referencial teórico conste no decorrer do trabalho, aparecendo em formato de citações diretas e indiretas. Verifique com a sua instituição qual o modelo mais adequado.

Sinônimos para referencial teórico

Dependendo da instituição, o referencial teórico pode ser exigido com outros nomes, mas no fundo o conceito e o objetivo são os mesmos, confira a seguir os sinônimos mais usados para referencial teórico:

  • Fundamentação teórica;
  • Embasamento teórico;
  • Revisão bibliográfica;
  • Revisão de literatura;
  • Abordagem teórica.