Otaku: veja o que é, significado, definição e conceito

Otakus são conhecidos no Brasil por serem fãs de animes e leitores de mangás, ou seja, fãs de desenhos animados e histórias em quadrinhos típicas da cultura japonesa.

Hoje em dia, os Otakus movimentam o mercado cultural em todo o mundo. Eles são uma tribo urbana que segue em crescimento no Brasil e abrange pessoas que são fãs de elementos da cultura pop japonesa.

O que significa Otaku?

No Japão

Otaku é uma palavra de origem japonesa e que, nessa língua, costumava ser usado como um pronome de tratamento para se referir a pessoa, casa, lar ou família. Era uma palavra semelhante ao “vossa” da língua portuguesa, usada em sinal de respeito.

Por volta dos ano de 1980, o termo começou a ser utilizado no Japão para designar grupos de pessoas que são fãs extremistas de algum assunto. Perceba que, nessa época, Otaku poderia ser alguém que é fã de qualquer coisa e não somente de animes e mangás!

Entretanto, com o passar do tempo, nos anos 90, Otaku passou a ter um sentido pejorativo no Japão. Ele passou a ser usado para se referir a fãs extremistas com tendências antissociais, reclusas e comportamentos como pouco cuidado com a higiene pessoal.

No Brasil

No Ocidente, no entanto, a palavra Otaku sempre foi utilizada para nomear pessoas que são fãs de mangás, animes e elementos da cultura pop japonesa.

As pessoas que se denominam Otaku costumam frequentar eventos e convenções sobre cultura pop japonesa e muitos fazem cosplay de personagens e ídolos. São fãs e pessoas dedicadas ao que gostam e uma tribo que movimenta a economia cercada em seus interesses.

Embora o tom pejorativo que a palavra Otaku tem no Japão tenha, também, chegado no Brasil, aqui o termo é mais bem visto.

Otaku e Otome

No Japão, a palavra Otome também tem um significado muito diferente do que no Brasil. Em japonês, Otome “significa senhorita, donzela, virgem”. Otome também é o nome dado para uma categoria de jogos de videogame voltados para o público das mulheres.

Já no Brasil, Otome é a palavra que se utiliza como feminino de Otaku. Mesmo que Otaku seja um termo unisex, muitas pessoas usam Otome para se referirem a fãs de cultura pop japonesa que são do gênero feminino.